Sintramfor trata sobre Pauta de Reivindicações com prefeito

reuniao_campanha_salarial_corrego_fundoNa tarde desta sexta-feira, dia 29, o presidente do Sintramfor, Natanael Alves Gonzaga, acompanhado da servidora municipal Floreni Costa e Silva e da Assessora de Comunicação Lenir Campos (da Allô Marketing), reuniram-se com o prefeito de Córrego Fundo, Danilo Oliveira Campos. Na ocasião, eles trataram sobre as reivindicações dos servidores municipais, constantes na Pauta de Reivindicações, além de outros assuntos de interesse dos servidores e do Município.

Durante toda a reunião, o prefeito se mostrou solicito e atencioso em relação às questões do funcionalismo apresentadas pelo Sindicato.

Em relação aos itens da Pauta de Reivindicações, foi definido o seguinte:

1-Sobre a suspensão da concessão dos quinquênios: aguardar julgamento de Ação de Inconstitucionalidade, que está tramitando na Justiça. O prefeito vai acatar o que ficar definido pela Justiça. Acredita-se que a suspensão dos quinquênios será derrubada no âmbito judicial.

2-Vale-alimentação: ficou definido reajuste de 4,52% (de acordo com o Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), porém o prefeito ficou de estudar a viabilidade de conceder um aumento maior.

3-Incentivo ACS: prefeito ficou de estudar a possibilidade. Ele citou que o pedido já foi feito judicialmente e negado pela Justiça. No entanto, Natanael explicou que o motivo da negação na via judicial ocorreu devido à falta de Lei Municipal prevendo o adicional no Orçamento, o que pode ser resolvido no âmbito do Executivo. O assunto será retomado na próxima reunião, após o prefeito se inteirar dos detalhes sobre o processo judicial, o qual ele já determinou que seja estudado pela assessoria jurídica do Município.

4-Revisão Salarial geral: ficou determinado reajuste de 4,52% (de acordo com o IPCA) retroativo a janeiro deste ano. E o prefeito se comprometeu a conceder mais 0,93% em janeiro do ano que vem (diferença entre o IPCA e o INPC), com pagamentos mensais, ao longo do ano.

5-Equiparações salariais: serão feitas ao longo do mandato. Danilo disse que não tem condições de fazer todas neste ano devido à questões orçamentárias, mas se mostrou comprometido em atender a demanda.

6-Adicional anual de 10% para os servidores que ainda não o têm (os da Educação): aguardar decisão judicial dos processos já em andamento. O assunto será retomado.

Outros temas

Planos de Carreiras

O Sintramfor colocou, também, para o prefeito a questão dos Planos de Carreiras, que necessitam de revisão visando fazer diversas adequações para atender aos servidores. O prefeito disse que irá fazer o estudo, porém acredita que não dará para realizar as mudanças neste ano devido à pandemia.

Concurso Público

Em relação à realização de Concurso Público, o prefeito disse que, ainda neste ano, fará um estudo para verificar as necessidades relacionadas a pessoal no âmbito de toda a Administração Municipal. Se for constatada a necessidade, ele pretende realizar o Concurso.

Click aqui para ver a Pauta de Reivindicações.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *