Último lote do Abono Salarial começa a ser pago

pis-5-660x330Trabalhadores de Minas Gerais já podem sacar o benefício, liberado pelo Ministério do Trabalho 

O abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2016 começou a ser liberado pelo Ministério do Trabalho na última quinta-feira, dia 15. Podem sacar o benefício os servidores públicos, com final da inscrição 8 e 9 e os trabalhadores da iniciativa privada nascidos nos meses de maio e junho.

Este é o último lote de pagamento. O prazo final para o saque é 29 de junho. A partir daí, o recurso voltará para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e o trabalhador perderá o benefício.

O valor que cada trabalhador tem para receber é proporcional à quantidade de meses trabalhados formalmente no ano-base e varia de R$80 a R$954. Quem trabalhou durante todo o ano recebe o valor cheio. Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo. E assim sucessivamente.

Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro na Caixa. Para os funcionários públicos, a referência é o Banco do Brasil.

Os recursos disponíveis aos trabalhadores de Minas Gerais somam R$546.056.370,22. No total, 733.559 beneficiários ainda não sacaram o dinheiro, segundo a Assessoria de Comunicação do Ministério do Trabalho.

Saiba mais 

Quem tem direito ao Abono Salarial:

Para ter direito ao benefício é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês em 2016 com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador tinha de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

No Brasil

O Abono Salarial ano-base 2016 começou a ser pago em 27 de julho de 2017. Desde então, 17.978.582 trabalhadores já receberam o benefício, o que representa 73,3% do total. Os valores sacados até agora somam mais de R$ 13,2 bilhões. Mas ainda há um valor superior a R$ 4,8 bilhões disponíveis.

O ministro interino do Trabalho, Helton Yomura, lembra que o FAT é a fonte de pagamento do Abono Salarial e do Programa de Seguro-Desemprego. Portanto, o dinheiro que não for usado para pagar esses benefícios agora, será usado no pagamento de benefícios posteriores. “Os recursos do FAT são para os trabalhadores. Esse dinheiro do abono é um direito histórico e importante que foi conquistado. Portanto, não deixe de ver se tem direito ao benefício e, caso tenha, procure uma agência bancária e faça o saque”, reforça.

Fonte: Ministério do Trabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *