Sintramfor trata sobre demandas de assistentes de educação infantil com secretário de educação

reuniao assistentes de educacao infantilDemandas de servidoras municipais da Prefeitura de Formiga, que ocupam o cargo de assistente de educação infantil, foram tratadas pelo Sintramfor com o secretário municipal de educação, Cid Corrêa, nesta quinta-feira, dia 12. Desde o início de fevereiro, o Sintramfor vinha apresentando as queixas da categoria à Administração Municipal, sendo que algumas reivindicações já foram, inclusive, colocadas para Governos anteriores, já que são demandas antigas.

O encontro ocorreu na Secretaria de Educação e contou com a presença do presidente do Sindicato, Natanael Alves Gonzaga, da vice-presidente Evangelina Santos, do assessor jurídico Vicente de Paulo Faria, das assistentes de educação infantil Natália Fernandes de Oliveira, Cleide Aparecida da Cunha Guimarães e Adrimara Duarte Elias.

Na oportunidade, as assistentes destacaram demandas relacionadas à carga horária, horas extras e necessidade de regulamentar, em lei, a definição sobre qual categoria o cargo pertence. Na ocasião, Vicente lembrou ao secretário que a Administração Municipal já havia prometido realizar um estudo visando tal regulamentação.

Cid Corrêa ouviu as demandas e apontou a necessidade de dois Projetos de Leis: um para que as assistentes possam seguir o calendário letivo da Educação; e outro para regulamentar uma Portaria do horário de funcionamento das unidades municipais de ensino durante recessos ou férias escolares.

Piso

O piso salarial das assistentes também foi discutido na reunião com o secretário. Elas colocaram que o piso salarial pago pela Prefeitura de Formiga é o mais baixo do Brasil. Cid Corrêa solicitou que essa questão seja tratada diretamente com o prefeito Eugênio Vilela.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *