Sintramfor solicita mudança de horário de trabalho para servidores da Secretaria de Meio Ambiente

Infelizmente, Zaidan informou aos representantes do Sintramfor que pode atender ao pedido dos servidores de imediato, mas ele prometeu analisar a questão e caso for possível fazer a mudança no futuro, após acertadas questões burocráticas. Zaidan explicou que para atender ao pedido teria que criar duas escalas de trabalho e que atualmente a Secretaria não tem condições de funcionar assim, já que também no intervalo entre as jornadas os servidores estariam à disposição da Prefeitura. Com isso, não se encontrou uma solução de imediato.

Infelizmente, Zaidan informou aos representantes do Sintramfor que pode atender ao pedido dos servidores de imediato, mas ele prometeu analisar a questão e caso for possível fazer a mudança no futuro, após acertadas questões burocráticas. Zaidan explicou que para atender ao pedido teria que criar duas escalas de trabalho e que atualmente a Secretaria não tem condições de funcionar assim, já que também no intervalo entre as jornadas os servidores estariam à disposição da Prefeitura. Com isso, não se encontrou uma solução de imediato.

O presidente do Sintramfor, Natanael Alves, a vice-presidente, Evangelina Santos, reuniram-se com o secretário municipal de Meio Ambiente, Jorge Zaidan, para solicitarem mudança no horário de trabalho dos servidores da Pasta.

O encontro ocorreu na sexta-feira, dia 6 de março, na Secretaria. Na ocasião, Natanael explicou ao secretário que os servidores querem trabalhar por tarefa e começar a jornada diária mais cedo. O intuito é que eles não precisam passar o dia inteiro trabalhando, já que desenvolvem tarefas em ambientes abertos e expostos ao sol ou chuva.

Equipamentos

A boa notícia é que na ocasião foi tratado também sobre equipamentos de segurança e de proteção e Zaidan informou que a Secretaria vai oferecer novos uniformes, novos equipamentos de segurança e filtro solar para os servidores da Pasta.

A reunião ocorreu no último mês, na Secretaria de Gestão Ambiental.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *