Sintramfor convida para manifestação contra a Reforma da Previdência

quadro de avisoNesta quarta-feira (15), o Sintramfor vai promover uma manifestação aderindo ao movimento nacional contra a Reforma da Previdência. Toda a sociedade, especialmente os trabalhadores e servidores municipais estão convidados a participar. Será de 10h30 às 12h30, na Praça Getúlio Vargas, em Formiga.

Os servidores municipais e trabalhadores em geral vão vestidos de preto, levando cartazes, faixas, apitos e outros materiais para chamar a atenção da sociedade a respeito da proposta do Governo para Reforma da Previdência.

A campanha ocorre em todo o Brasil. Os sindicatos e federações, de todas as regiões, já estão se mobilizando contra a Reforma desde o final de janeiro, e vão intensificar suas ações nesta quarta-feira. O movimento contra começou a ser organizado pelos trabalhadores em plenária sobre a Reforma realizada pela Confederação nos dias 24 e 25 de janeiro, que contou com a participação de especialistas e sindicalistas de todo o país.

Para os trabalhadores, não há nenhuma possibilidade de acordo com a proposta. Eles exigem a retirada total do projeto e reivindicam melhor fiscalização no recolhimento do tributo, cobrança dos devedores da previdência – que hoje acumulam dívidas no montante de R$ 426 bilhões – e acabar com as isenções fiscais dadas a diversos setores.

A reforma

Um dos pontos da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, do governo Temer, é que seja estabelecida idade mínima de 65 anos, eliminando a concessão do benefício por tempo de serviço. O valor da aposentadoria, de acordo com o projeto, passará a ser calculado levando-se em conta 51% das maiores contribuições com 1% adicionais a cada ano de contribuição.

Na prática, isso faz com que seja necessário trabalhar formalmente por 49 anos para se obter o benefício integral. Além disso, a PEC liquida a aposentadoria especial dos professores, que hoje podem encerrar a carreira com 25 e 30 anos de serviço para mulheres e homens, respectivamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *