Servidores terão reajuste salarial geral retroativo a janeiro

Representantes do Sintramfor em reunião com a prefeita, vereadores, servidores e outros

Representantes do Sintramfor em reunião com a prefeita, vereadores, servidores e outros

Prefeita se comprometeu com Sintramfor a conceder um segundo reajuste geral, em novembro; reunião ocorreu na sexta-feira

Os servidores municipais de Córrego Fundo terão 5% de reajuste salarial geral retroativo a janeiro deste ano. Os detalhes a respeito do aumento salarial e os demais itens da Pauta de Reivindicações da Campanha Salarial de 2017, promovida pelo Sindicato, foram discutidos em reunião com a prefeita Érica Leão, na sexta-feira (25).

Além do presidente do Sindicato, Natanael Alves Gonzaga, representaram o órgão os assessores jurídicos, Vicente de Paulo Faria e Selma Maria Garcia Araújo. Também participaram do encontro, representantes da Administração Municipal e dos servidores e os vereadores.

Ainda sobre o reajuste salarial geral, a prefeita Érica Leão se comprometeu a dar um segundo reajuste geral em novembro. Ficou definido que este segundo reajuste será para todos os servidores, enquanto que o primeiro, de 5%, não abrange os servidores que já tiveram aumento salarial em janeiro.

O projeto de regulamentação do reajuste de 5% está previsto para ser votado na Câmara Municipal na próxima segunda-feira (3), em ordinária, a partir das 17h, segundo o procurador do Município, Jaime Gaipo.

Jaime informou ainda que o pagamento salarial referente ao mês de abril será feito com o reajuste, inclusive com os valores retroativos a janeiro, fevereiro e março.

Vale-alimentação

Durante a reunião com o Sindicato, ficou acertado também que a prefeita tomaria todas as providências para regulamentar o reajuste de R$50 no vale-alimentação, que passará de R$250 para R$300.

Data-base

O Sintramfor conseguiu ainda, junto à prefeita, uma grande conquista para todos os servidores do Município. Érica Leão concordou em passar a data-base de revisão salarial para 1 de janeiro. Atualmente a data-base ainda é 1 de abril. Com a mudança, o funcionalismo terá seus vencimentos reajustados no mesmo mês de atualização do salário mínimo, o que aumentará o poder de compra da categoria e eliminará a perda relativa aos três primeiros meses do ano.

Férias

Quanto às férias de 25 dias úteis, que é outra reivindicação do funcionalismo, a prefeita ficou de analisar e dar uma resposta ao Sindicato.

Plano de Carreira

Quanto ao Plano de Carreira dos servidores ficou acertado, entre o Sintramfor e a prefeita, que as mudanças serão feitas com a participação do Sindicato e dos servidores, que irão acompanhar todo o processo, estudando e analisando as alterações e os impactos que elas causarão nas carreiras.

Demais itens da pauta

Quanto aos demais itens da Pauta de Reivindicações definida na última Assembleia do Sintramfor com os servidores, a prefeita ficou de analisar cada item, junto como Sindicato.

Pauta de Reivindicações

  1. Reajuste Salarial de acordo com o Índice de Preço ao Consumidor (INPC).

  2. Aumento de R$50 no vale-alimentação e criação de lei específica para regulamentá-lo.

  3. Férias de 25 dias úteis em vez de 30 dias corridos.

  4. Atualização do Plano de Carreira, com a participação de servidores no estudo e avaliação das mudanças necessárias.

  5. Correção de insalubridade.

  6. Mudança da data-base de reajuste salarial de 1º de abril para 1º de janeiro.

  7. Triênio na base salarial, em 6%.

  8. Licença Prêmio para todos os servidores.

  9. Ajuste de funções (para servidores que estão exercendo funções diferentes das exigidas no cargo que ocupam).

  10. Regulamentar Plantão do Saae.

  11. Vale Transporte.

  12. Aumento para agentes comunitários, além do piso que está desatualizado desde 2014, quando foi fixado.

  13. Ajustes nas porcentagens do Adicional de Insalubridade.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *