Projeto de revisão salarial geral será encaminhado na Câmara na segunda-feira

reajuste-salarial-2017Aumento de R$10 no vale-alimentação também dará entrada no Legislativo

O Projeto de Lei que visa a revisão salarial geral dos servidores municipais de Formiga (da Prefeitura e do Saae) está previsto para dar entrada na Câmara Municipal na reunião ordinária da próxima segunda-feira, dia 19. Também será encaminhado o projeto que prevê R$10 de aumento no vale-alimentação. As duas propostas foram protocoladas no Legislativo nesta semana.

O percentual de reajuste previsto no projeto é de 1,87%, de acordo com a variação do Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC), acumulado no ano passado.

Durante toda a Campanha Salarial, que contou com três Assembleias Gerais, o Sintramfor defendeu 15% de reajuste geral para todos os servidores. Muito embora tenha sido aprovado em Assembleia um reajuste muito inferior, o Sintramfor lamenta, pois foi o menor índice considerando os últimos anos. No entanto, o Sindicato respeita a decisão da Assembleia Geral.

O Sindicato destaca ainda que tentará uma nova negociação com o prefeito Eugênio Vilela no meio deste ano. Durante as negociações da Campanha Salarial, o prefeito prometeu uma segunda negociação do vale alimentação e na ocasião o Sindicato tentará também um segundo reajuste salarial para os servidores.

Magistério

O projeto vai garantir ainda o piso salarial dos profissionais do magistério, estabelecido pelo Governo Federal para este ano em R$2.455,35. O índice de reajuste para a categoria é definido anualmente pelo Ministério da Educação, neste ano ele é 3,86% acima da inflação que fechou 2017 em 2,95%.

Políticos

De acordo com o projeto, a revisão salarial não será aplicada ao prefeito e ao vice-prefeito. Os secretários municipais, assim como diretores e outros cargos de chefia terão o reajuste geral.

Progressão

O projeto autoriza a Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas e as Autarquias Municipais a atualizarem as Tabelas de Progressão, conforme já previsto nos Planos de Carreiras.

Uma resposta
  1. Gilson Bernardes da Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *