Prefeitura fará novo contrato para administração do vale-alimentação

vale-alimentacao-ticketO contrato da Prefeitura com a Cooperlife, que atualmente é responsável pela administração do cartão de vale-alimentação dos servidores municipais, vai vencer no dia 14 de maio. Visando dar continuidade ao benefício, a Administração Municipal abriu um processo de licitação para firmar um novo contrato.

De acordo com o Edital da Licitação, na modalidade Pregão, será contratada a empresa que apresentar o menor preço para o serviço de administração dos cartões. “O julgamento das propostas será objetivo, levando-se em consideração o menor percentual apresentado para a taxa de administração a ser cobrada pelos serviços a serem prestados”.

A sessão pública para abertura das propostas das empresas participantes da licitação será a partir das 8h, do dia 27 deste mês, na Diretoria de Compras Públicas, localizada na Rua Barão de Piumhi, 92, A, 2º Andar, Centro, em Formiga.

A empresa vencedora deverá administrar aproximadamente 2.400 cartões, sendo de servidores da Prefeitura, do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), e do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Formiga (Previfor).

O Edital da licitação designa servidores para fiscalizarem e acompanharem a execução do contrato: José Arcanjo Borges, da Prefeitura; Gabriella Fonseca, do Previfor; e Riziane Kênia Duarte Costa, do Saae.

Cerca de R$9,5 milhões são movimentados anualmente por meio do cartão. A empresa que for contratada deverá demonstrar em até 15 dias que possui ampla rede credenciada, com no mínimo 10 estabelecimentos, e pelo menos dois supermercados de grande porte onde os servidores possam comprar alimentos usando o cartão.

Prefeitura

Apesar da proximidade de vencimento do atual contrato com a Coopelife, a procuradora adjunta do Município, Sandra Salviano, disse que o tempo será suficiente para nova contratação, já que a empresa que vencer a licitação terá até junho para empenhar o vale-alimentação de maio. “Acho que não vai ter nenhum problema, está dentro do prazo”, destacou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *