Cerca de 300 efetivos passarão a ter direito a Licença Prêmio e Quinquênio

licenca e quinquenio conquistasProjeto que prevê os benefícios está pronto, será apresentado aos servidores e encaminhado para a Câmara

Nesta segunda-feira (29), durante reunião com o prefeito Moacir Ribeiro, o presidente do Sintramfor, Natanael Alves Gonzaga, fechou a negociação para uma conquista histórica para os servidores municipais que foram efetivados a partir de 2011. Após o Sindicato entregar a Pauta da Campanha Salarial, o prefeito Moacir Ribeiro concordou em atender a reivindicação, que está colocada no documento, e que vinha sendo negociada pelo Sindicato, com a Administração Municipal, há anos.

A extensão dos benefícios vai beneficiar aproximadamente 300 servidores. O projeto está pronto e será apresentada ao funcionalismo pelo prefeito, em breve. A apresentação será agendada e logo após a proposta será encaminhada para a Câmara Municipal, para ser votada pelos vereadores.

Durante a reunião com o Sindicato, o prefeito disse estar sensibilizado com os servidores que entraram para o serviço municipal com desvantagem em relação aos que foram efetivados antes de 2011, portanto antes do Plano de Carreira ser criado.

O projeto deverá ser enviado para o Legislativo em março, já que não poderá ser votado a partir de abril, durante o período eleitoral.

Conquista

O Sintramfor destaca que a extensão da Licença Prêmio e do Quinquênio significa uma grande conquista. O assunto foi tratado, debatido e negociado em inúmeras reuniões do Sindicato com a Administração Municipal até que, em julho do ano passado, o prefeito Moacir Ribeiro resolveu acatar a reivindicação e determinou que fosse formada uma comissão para dar andamento ao processo de mudança do Plano de Carreira.

Na ocasião, o Sintramfor apresentou nomes de servidores para formar a comissão e os estudos foram realizados. No entanto, para que os benefícios sejam efetivamente concedidos, ainda é preciso que o projeto passe pela Câmara para que os Planos sejam modificados.

2 Comments
  1. juliana
    • Lenir Campos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *